terça-feira, 20 de novembro de 2012

Ninguém acredita em nós

Nossa pequena grande família

   Ultimamente só tenho vindo reclamar aqui no blog, rs. Mas poxa tenho ficado muito indignada com as pessoas a minha volta, ninguém bota fé em mim e no meu namorado!! Não basta você fazer todo o possível e o impossível pra dar o melhor pro teu filho, se dedicar o máximo, ir atrás, pesquisar, fazer de tudo o que está ao seu alcance, mesmo assim você não está pronta pra ser mãe, já que nunca teve um filho! Não aguento mais ouvir: você nunca teve um filho, não sabe como é. Não, eu realmente não sei, mas eu VOU aprender. Eu já cuidei de criança e estou disposta a fazer o melhor pro meu filho. Mas isso obviamente não é o suficiente, pros outros eu sou uma pata que vou afogar a criança no primeiro banho, é essa a impressão que eu tenho.
   Desde que engravidei tenho que ouvir "você sabia que não pode pintar o cabelo ne?" (não eu não sabia, estou com essas raizes gigantes por opção mesmo, porque acho bonito), "ih, mas você não pode nem beber nem fumar agora!!!" (sério? não sabia... e usar drogas, tem problema?), "tem que comer frutas e verduras ta bom?" (nossa, mas minha médica jurou de pés juntos pra mim que se eu comer só salgadinho e bolacha recheada vou ficar super saudável!). E isso ainda era suportável, já que é tudo na melhor das intenções, ai agora depois que meu bebe está quase nascendo tive que ouvir:

meu pai falando:
 - "É melhor você comprar um termômetro de banheira" (eu não vou queimar o nene, ok? de qualquer forma, achei melhor seguir o conselho)

minha mãe falando:
 - "... mas eu não vou deixar você dar banho até o bebe ter uns 20 dias pelo menos!" (ah, então você NÃO VAI DEIXAR eu dar banho no meu próprio filho? ahn?? isso nem sentido faz)
- "você só vai morar com o Jean e o bebe depois que o bebe estiver grandinho e não tiver perigo!" (perigo do que? de eu matar o bebe??)
- "... banho de balde? capaz, eu não vou deixar você fazer isso no bebe" (novamente DEIXAR? o filho é de quem mesmo?)
-"arruda no umbigo? CAPAZ, não seja loca EU sei como cuidar" (sem comentários)
-"tem que comprar esses pagãozinho" -"mas eu nem sei como usar isso mãe..." -"EU sei como usar, EU vou por no bebe"

minha tia falando:
"- mas você não pode viajar com o bebe antes de ele ter 1 ano, porque eles sofrem muito..." (foi mal mas to planejando viajar la por julho, ele vai ter uns 5 meses, rs.)
-"eu conheço várias moças que trabalham de baba, se quiser o telefone eu te passo!" (eu vou ficar o dia todo em casa, pra que baba??)
-" a tua mãe vai ter que parar a faculdade pra te ajudar a cuidar do bebe" (ahn??????? fiquei muuuuito brava com essa)
"- você vai ter que tirar os cachorros de dentro de casa..." (só que não.)
"-tem que comprar álcool gel e enrolar o nene bem porque todo mundo vai querer pegar" (e eu vou deixar todo mundo pegar ele no colo mesmo, sem nenhum problema!)

uma conhecida da minha mãe falando:
"-se você quiser ficar com teu filho não vai poder sair aqui da casa da tua mãe, porque ela não vai deixar você levar ele" ( que? então ela vai sequestrar o meu filho? )

a empregada aqui de casa falando:
"- tua mãe vai querer roubar teu filho de você, a minha foi assim com a minha primeira" (sequestro 2???)

minha sogra falando depois de eu mostrar uns vídeos de banho de balde:
"-ih... mas tua mãe não vai deixar você dar banho assim no nene" ( pela milésima vez DEIXAR? a mãe sou eu, não?)

minha mãe falando quando eu cogitei me mudar antes do bebe nascer:
"-mas e se ele precisar de médico quem que vai levar?" (resposta que eu dei: o pai ou a mãe dele!!)
"- você nunca teve filho, não sabe como é, não vai conseguir sozinha" (eu não vou estar sozinha, a criança tem pai)

E essa é só uma pequena parte que eu lembrei. Ninguém bota fé em mim e no Jean. Que saco!! Eu vou cuidar do meu filho, independente de todo mundo ficar achando que eu não sou capaz disso eu SOU SIM, e se eu não sei cuidar de um RN eu aprendo. Todo mundo consegue, por que eu não conseguiria? Nossa esses comentários tem me incomodado demais, demais MESMO, aí minha mãe não sabe porque quero sair daqui de casa o mais cedo possível. Falei pra ela que queria me mudar antes do bebe nascer porque eu não aguentava mais palpite, e que é algo sem pé nem cabeça ela me proibir de dar banho no meu próprio filho. O que eu ouvi? "eu nunca disse que você não pode dar banho... e você não vai conseguir cuidar sozinha no começo". Ah por favor, eu sou grandinha suficiente pra fazer um filho também sou para cuidar dele. Incrível que se eu tivesse delegando meu filho, abandonando na casa da minha mãe e nem ligando pra ele seria completamente normal, agora porque eu me importo e quero fazer do meu jeito, to errada, não posso, não consigo. Até a roupa que eu quero comprar pra ele tenho interferência "compre desse jeito, de tal cor, de tal tamanho blablabla". Ui, não aguento mais. Como agir nessa hora? Não sei se me mudo antes do bebe nascer porque ai vamos ter que pagar aluguel pois nossa casa ainda não está pronta, e eu sei que é um gasto a mais e desnecessário e que aqui tem empregada e tudo pra eu passar a dieta. Mas se eu mudar depois vou ter que ficar ouvindo um milhão de palpites e tendo que ou brigar com a minha mãe pra eu fazer do meu jeito ou ter que pedir permissão pra dar banho nele. O que eu faço? me imponho? me mudo? fico aqui e de boa e espero o bebe nascer pra ver como vai ser?


mamãe...
papai


Nós três e um amor que eu jamais imaginei que poderia existir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário